quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

O amor é cego...deveria ser lúcido

Magritte - "Os amantes"


Cegos porque vêem, mas não vislumbram
Iludidos, porque se enganam, mas não sabem
Adictos, porque se viciaram, mas não se largam
Criminosos, porque se matam, mas não se defendem
Iliteratos, porque conhecem a palavra Amor, mas não a praticam

Quando retirarem as vendas dos seus olhos, finalmente, poderão decidir sobre ambos...
E então o mundo poderá ser vivido em liberdade, com partilha, mas sob o auspício do respeito.
Amar será pois um sentimento se reparte, não um delírio que escraviza.


2 comentários:

  1. Como esta vc querida..apareça no meu Contando com Arte...saudades!! bjinsss

    ResponderEliminar
  2. Oiçam este poeta de tostão
    Que já prometeu e pediu uma mão
    Oiçam a palavra salgada de saliva
    Não tenho muito lugar, em ti, paixão


    Passei para te desejar uma radiosa semana

    Doce beijo

    ResponderEliminar